Curso de Agronomia da Uems é aprovado para Maracaju

Fachada da Uems, unidade de Maracaju. Foto: Assessoria Uems

Da Redação

Depois de uma série de avaliações, representantes do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da Uems (CEPE), aprovaram, nesta semana, a oferta do curso de Engenharia Agrônoma da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, em Maracaju.
Um anseio muito aguardado pela comunidade, mas que agora, contará com o funcionamento do curso no município. Segundo o professor doutor e gerente do campus da Uems em Maracaju, Alex Sandro Richter Von Mühlen, a aprovação do curso representa uma vitória para a cidade.
“Nós da unidade da Uems, Maracaju, ficamos muito felizes com essa aprovação, com esse entendimento do Conselho sobre a importância do curso de Agronomia pra cidade, considerando que é uma demanda antiga de mais de 25 anos, desde que a Uems foi instalada aqui, e considerando que o grupo da Uems Maracaju incluiu essa oferta no planejamento estratégico há dois anos e hoje conseguimos concretizar a implementação do curso”, disse o gerente.
Para Von Mülen, para os alunos da região será uma oportunidade poder contar com o curso de Agronomia em Maracaju, cidade que já referência no agronegócio e berço de tecnologias no agro. “Temos as condições mais favoráveis para a instalação do curso e por termos um ambiente propício o aluno terá uma formação diferenciada, contando com o apoio da Fundação MS para aulas práticas em propriedades dos associados e do Sindicato Rural de Maracaju, além de outras 30 instituições que também estão nos apoiando para instalar o curso no município”, ressaltou.
A comissão responsável pela implementação do curso em Maracaju ainda precisa formalizar convênios com instituições que firmaram parceria para a vinda do curso de Agronomia na cidade. Um dos convênios é com o Senai, que disponibilizou laboratórios para aulas de química. O primeiro vestibular de Agronomia está previsto para os primeiros meses de 2021 e as aulas devem iniciar no segundo semestre do ano que vem.