Operação Hórus/MS: PMR apreende quase 1 tonelada de drogas após veículo capotar ao se evadir de abordagem policial

Maracaju (MS) – Durante a Operação Hórus, desencadeada pela SEJUSP/MS e pela Secretaria Nacional de Operações Integradas (SEOPI) do Ministério de Justiça e Segurança Pública, a Polícia Militar Rodoviária apreendeu, na noite desta quinta-feira (14), na MS-164 em Maracaju, 858 kg de maconha.

A apreensão ocorreu quando policiais militares rodoviários deram ordem de parada a um veículo Renault/Logan logo em frente à Base Operacional Rodoviária de Vista Alegre, ignorados, o veículo partiu em alta velocidade sentido Ponta Porã X Maracaju. De imediato os policiais partiram no encalço do veículo em fuga acompanhando-os por cerca de 5 km, quando o condutor do veículo perdeu o controle e veio capotar e sair da pista de rolamento, permanecendo imobilizado com o teto voltado para o chão.

Ao se aproximarem do veículo os policiais perceberam que dois homens estavam presos às ferragens, além da existência de grande quantidade de maconha. Acionado o Corpo de Bombeiros de Maracaju que prestou o atendimento, fazendo o socorro de um dos ocupantes que foi transferido à Santa Casa de Campo Grande em estado grave, já o segundo ocupante foi constatado seu óbito ainda no local, mesmo diante dos procedimentos de socorro prestados.

No local esteve a equipe de perícia técnica e após a remoção do veículo pode-se constatar que ostentava placas não originais, portanto adulterada, sendo estas de Guarulhos-SP, e que em seu interior era conduzida 858 kg de maconha.
Também foi possível identificar os autores, se tratando de um homem de 21 anos, natural de Ponta Porã-MS, que veio a óbito pós-acidente, e um adolescente (16) natural de Urberlândia-MG.

O fato se deu quando a equipe PMR ainda executava a apreensão da camionete GM/S-10 carregada com entorpecentes, as duas apreensões juntas somam quase 2 toneladas de drogas.

Diante dos fatos drogas e veículo foram encaminhados para a Delegacia de Polícia de Maracaju.

Denúncias e informações: ligue 198 e fale com a PMR