O maior encontro do tradicionalismo gaúcho estadual será sediado em Maracaju – 30º Fegams

CTG Nova Querência e MTG-MS organizam festival que recebeu quase 750 inscrições

O Movimento Tradicionalista Gaúcho do Mato Grosso do Sul (MTG-MS) e o CTG Nova Querência realizam no período de 29 e 30 de novembro à 1º de dezembro o maior encontro do tradicionalismo gaúcho no Estado: o 30º Festival Sul-mato-grossense de Folclore e Tradição Gaúcha (Fegams), com o apoio do Fundo de Investimentos Culturais de Mato Grosso do Sul (FIC-MS).

Com a temática “30 Anos dos Pampas ao Pantanal Preservando as Tradições” o Festival acontecerá no Parque de Exposição Libório Ferreira de Souza, em Maracaju-MS. De acordo com o Presidente do MTG-MS, Agadir Mossmann, a edição é especial, pois comemoram-se bodas de pérola do Fegams e também do MTG-MS, que completa 30 anos de criação em fevereiro de 2020. “Tudo começou em 1989, com o 1º Encontro de Invernadas Artísticas do MS, no CTG Querência da Saudade, em Ponta Porã-MS e neste ano temos o privilégio de comemorarmos 30 anos de história dos Fegams e do tradicionalismo no Mato Grosso do Sul. São 30 anos de lutas e conquistas para preservar a tradição gaúcha em nosso Estado”, enfatiza o Presidente.

Conforme a Comissão Técnica do MTG-MS foram realizadas aproximadamente 750 inscrições dos tradicionalistas oriundos de 10 CTG’s do Mato Grosso do Sul. Os inscritos do Fegams participarão de mais de cem disputas nas modalidades artísticas (poesia, causo, declamação, música, instrumentos musicais, danças, etc) e esportivas (bocha, bolão, tava e truco), divididos nas categorias Pré-Mirim, Mirim, Juvenil, Adulto, Veterano e Xirú. “Nosso Festival apresenta como finalidades a integração das culturas gaúcha e sul-mato-grossense, por meio dos CTGs do Estado, e a preservação do tradicionalismo gaúcho. É um encontro das famílias, onde participam crianças, jovens, adultos, veteranos e xirús, todos integrados e preservando os costumes e tradições;

Tradição essa passada de geração em geração, mantendo acesa a chama do tradicionalismo gaúcho”, ressalta Agadir Mossmann.

No dia 29 de novembro, às 16h, será realizado o 2º Chá das Patroas em conjunto com o Departamento Cultural e Prendado. Na oportunidade as prendas participantes trocarão informações sobre a participação das mulheres e prendas de faixa no movimento tradicionalista gaúcho. A 2ª Prenda do MTG-MS, Katharine Pederiva, ministrará a palestra “A importância do resgate da criança para o convívio cultural do movimento tradicionalista gaúcho”.

Ação Social – Durante o Fegams o Departamento Jovem do MTG-MS (DJ MTG-MS) realiza mais uma ação social em parceria com as demais entidades tradicionalistas. Com a proposta de arrecadar roupas para beneficiar famílias carentes atendidas por instituições assistenciais de Maracaju, os jovens convidam a sociedade, os prendados, juventude e membros das entidades tradicionalistas a levarem para o Fegams cobertores, agasalhos, roupas e calçados. Nesta edição o Projeto é idealizado pelo Prendado do MTG-MS: 1ª Prenda, Rosangela Dias, 2ª Prenda, Katharine Pederiva e 1ª Prenda Juvenil, Anny Eduarda.

Honraria – Em comemoração aos 30 anos do MTG-MS e do Fegams, será entregue, durante a solenidade de abertura, a “Ordem Sepé Tiarajú” – a mais alta comenda do movimento -, aos tradicionalistas e personalidades que incentivaram e contribuíram de forma destacada para a preservação do tradicionalismo gaúcho no Estado de Mato Grosso do Sul. “Vamos homenagear com o Título Honorífico todos os nossos Ex Presidentes do MTG-MS, pessoas que sempre acreditaram no futuro da tradição gaúcha aqui no Estado. Na oportunidade homenagearemos também o Governador do Estado de Mato Grosso do Sul e o Prefeito Municipal de Maracaju”, pontuou Agadir Mossmann.

Serviço – O 30º Fegams é uma realização do MTG-MS e CTG Nova Querência e conta com apoio da Prefeitura Municipal de Maracaju, Fundação Estadual de Cultura e Governo do Estado. A solenidade de abertura será no dia 29 de novembro, às 19h, com show do músico nativista João Chagas Leite. O Festival é aberto ao público, a entrada para o show e apresentações artístico-culturais é franca.

Imagens: Aline Kraemer/Ed Moreno

Aline Kraemer